14 de Julho de 2011

Redes sociais são perigo para funcionários

Evite o comodismo e a preguiça causada por distrações no computador da empresa

E aí, você já se acomodou hoje no seu serviço? Não? Então se prepare, pois você tem grande probabilidade de realizar esse feito ainda. Isso acontece principalmente por falta de concentração no serviço, sem contar que quando trabalharmos com um computador o leque de variedades é imenso, citando exemplos: Msn, Skype, Orkut, Facebook, Google +, Twitter, etc.
 
A dificuldade é imensa, quando se tem acesso livre a essas informações, agora, para redes empresariais que são protegidas por regras de acesso, a história pode ser um pouco diferente, pois determinadas regras impedem o funcionário, mas, em contrapartida o mesmo fica frustrado por não saber o que está acontecendo com seus amigos nas redes sociais, ou o encontro que marcou com a garota do 5º andar através do Messenger não terá como acontecer. Sim, ficamos super irritados, pois nos sentimos presos e por conta disto acabamos nos esquecendo de nossas responsabilidades na empresa, o trabalho começa acumular, seu ambiente começa a ficar desorganizado, até que um belo dia você recebe uma advertência do seu superior.

E por incrível que pareça, tudo isso pode ser evitado, bastando apenas se policiar, tomar cuidado com o que diz, pensa e principalmente o que desejar saber em relação aos outros, caso tenha alguma novidade, anote no papel ou no computador, e quando suas responsabilidades diminuírem ou em sua casa, você as publica. Um método eficaz para evitar o comodismo profissional é estando no trabalho, caso tenha muita coisa para fazer, primeiro identifique tudo, fazendo uma lista de prioridades, feito isso comece o trabalho de organização, arruma aqui, arruma ali, não importe o tempo, mas, faça. Apenas depois disto é que se deve “gastar tempo” com os acessos as redes sociais, etc.

Você deve estar focado em seu crescimento profissional, sua carreira, seus estudos em sua capacitação e principalmente um melhor desempenho perante as empresas, afinal seu chefe pode ser sua ponte para um crescimento individual (ajudando em uma capacitação profissional), uma empresa quando não presta ótimos serviços para seus clientes, ela é trocada pela concorrência, certo? Por incrível que pareça o mesmo acontece com os funcionários, se você não desempenhar um ótimo trabalho, então tome cuidado,pois sempre terá alguém disponível para sua vaga.

Um fator interessante no caso do comodismo profissional é que nada para ele está bom, tudo está contra ele, tudo o que acontece é sinal de problema para ele resolver, enfim, tudo de ruim na empresa cai sobre ele, se você está desta maneira, fique atento, pois você pode ter caído no comodismo e não ter percebido, está na hora de rever seus conceitos.

Auto avaliações que devem ser feitas semanalmente:

•    Você reclama mais de 1 vez por semana de seu patrão?
•    Você reclama de sua empresa?
•    Você reclama de seu salário?
•    Você acha que faz demais por sua empresa?
•    Você se autodenomina o profissional da década?
•    Você se acha auto-suficiente?

Independentemente das respostas que você encontrou, comece a analisá-las e veja se você é ou não um profissional acomodado, olhe ao seu redor, veja como está o seu ambiente de trabalho, veja se tem muita responsabilidade acumulada, veja se o que é dependente de você (sistema ou pessoal) está funcionando corretamente, passe ter controle e paciência, e verá o quanto sua vida profissional pode melhorar e avançar, como diz Buzz Lightyear do Comando Estelar “Ao infinito e Além”.

Sucesso a todos...

Por Galeno José

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora