23 de Novembro de 2016

José Eliton não deslancha como sucessor de Marconi

Sondagens mostram candidato do governador para 2018 no traço

A base do governo Marconi Perillo (PSDB) está aflita com as chances (hoje altas) de um fiasco do vice-governador  José Eliton (PSDB) na sucessão estadual de 2018. Eliton é candidato natural à sucessão do governador Marconi Perillo (PSDB) por que irá assumir em meados de abril de 2018 o governo.

Nas primeiras sondagens realizadas por institutos ligados ao Palácio e também a partidos de oposição o cenário é preocupante para Eliton. Mesmo aparecendo todos os dias na televisão e tendo exposição de vice-governador e secretário de Segurança, o tucano aparece muito próximo do traço, ou seja zero, nas pesquisas internas que sondam o potencial dos candidados para 2018.

Três candidatos dispontam como favoritos para o pleito: Maguito Vilela (PMDB), Ronaldo Caiado (DEM), Daniel Vilela (PMDB). Todos da oposição. Maguito e Ronaldo aparecem com mais de 30%, enquanto Daniel, mesmo sendo o mais desconhecido, já aparece com dois dígitos, três vezes mais que o candidato governista.

O governador está preocupado com a baixa capilaridade do pupilo e não possui plano B. O problema é que, segurança é o calcanhar de Aquiles do governo e o vice-governador herdará o sucesso ou fracasso da empreitada, que é onde mora o perigo.

Poucos creêm na superação da imagem de arrogante, das gafes, como a última onde o vice-governador chamou um jornalista de analfabeto. E ninguém acredita que a política de segurança centrada apenas na maquiagem de números aliada a  marketing, colará desta vez.

Goiás Real

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora