11 de Dezembro de 2014

Goiás tem bom ano na Educação

Estado ocupou em 2014 pela primeira vez a liderança no ranking do Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb), que mede a qualidade do ensino público

O ano de 2014 foi produtivo e histórico para a educação de Goiás. O Estado ficou em primeiro lugar no ranking do Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb), que mede a qualidade do ensino público, e reportagem da Folha de S.Paulo nesta quarta-feira mostra que Goiás obteve grande salto na nota dos alunos da rede estadual do 9º ano do ensino fundamental.

Na rede pública de todo o Brasil, a média na disciplina de língua portuguesa teve variação positiva de 1,14 ponto. Em Goiás, o salto foi de mais de novo pontos. Em matemática, a variação das notas nessa etapa foi de 7,95 pontos (de 244 para 251,95). Com isso, o Estado passou da 10ª posição para a 3ª na matéria.

A reportagem da Folha afirma que a educação em tempo integral, o currículo mais sistematizado e o monitoramento da frequência dos alunos estão entre os fatores que contribuíram para o resultado.

"Quando um aluno tem mais de três faltas consecutivas, os pais são notificados. Há uma preocupação com a vulnerabilidade social", disse `Folha, Viviane Melo, superintendente de ensino fundamental de Goiás.

Ao todo, são cerca de 250 mil alunos matriculados nos anos finais da rede estadual.

Ideb

Segundo o relatório do MEC, dois fatores principais foram responsáveis por Goiás estar no topo do ranking do Ideb. Primeiro foi o avanço da nota do ensino médio no Estado, que era de 3,6 e passou para 3,8. Além disso, os estados que ocupavam as primeiras posições tiveram grandes quedas nas notas do levantamento deste ano.  

Além destes dois motivos, outro fator que favoreceu Goiás no Ideb foi a taxa de rendimento, que é obtida a partir de dados sobre aprovação, abandono escolar e reprovação. Goiás obteve a melhor nota em todo o Brasil neste quesito.

Goiás 247

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora