13 de Março de 2018

Polícia investiga caso de jovens baleadas em Rio Verde

Uma delas teve morte cerebral. Caso aconteceu durante lual

Raquel Tatiane Pereira Seabra, apesar de ter sido atingida por disparo de arma de fogo não corre risco de morte. Já a amiga dela, Rafaela Natalie Moraes Faria de 19 anos, teve morte cerebral e a família pretende fazer doação de órgãos.

As jovens foram baleadas em um lual realizado no ultimo fim de semana em Rio Verde durante uma abordagem da polícia.
A investigação segue com o Grupo de Investigação de Homicídios da Polícia Civil.

O delegado do GIH Wellington Lemos está de férias e na ausência dele, o delegado Carlão Roberto Batista está comandando a investigação.

A Polícia Civil deverá colher hoje depoimentos de testemunhas e das pessoas envolvidas no confronto. Uma viatura da PM chegou a ser atingida por disparos.

Segundo o delegado, ainda não é possível passar a imprensa, detalhes do que pode ter ocorrido, porque a polícia precisa ainda de informações que deverão ser repassadas pela pericia e também por pessoas que são testemunhas. Essas pessoas e os PMS envolvidos na ocorrência devem prestar depoimento nos próximos dias. Algumas dessas pessoas já foram intimadas ontem (12/03).

Fonte: Polícia Civil

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora