20 de Dezembro de 2017

Jovem e menor tentam entrar em cadeia com pinga em garrafas de refrigerante e água sanitária

Administração do presídio relatou que eles foram encaminhados para delegacia. Segundo delegado, foi feito registro da situação e detidos foram liberados em seguida

Um adolescente e um jovem, que não tiveram as identidades divulgadas, foram flagrados tentando entrar na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Rio Verde, no sudoeste de Goiás, com pinga escondida em garrafas de refrigerante e água sanitária, nesta terça-feira (19). Os dois foram levados para a Delegacia Regional de Polícia Civil da cidade, ouvidos e liberados.

O G1 entrou em contato com a Superintendência de Administração Penitenciária (Seap) e aguarda posicionamento do órgão.

O diretor da CPP de Rio Verde, Adriano Pereira, explicou que a bebida alcoólica não é permitida no ambiente prisional e foi identificada por um servidor.

“Na parte da manhã o menor tentou entrar com sete garrafas de refrigerante. Elas passaram pelo scanner e o servidor fez uma vistoria. Ao abrir as garrafas ele sentiu o cheiro da pinga e fez a apreensão. O mesmo aconteceu com o jovem à tarde, que tentou levar a bebida na garrafa de água sanitária”, explicou ao G1.

Segundo Pereira, os dois foram levados para a delegacia. O delegado responsável pela ocorrência, Stanislao Montserrat Garcia Neves, afirmou que nenhum dos dois casos configura crime, portanto, foi feito o registro da ocorrência, mas eles não foram autuados.

“No caso do menor, ele não poderia estar com bebida alcoólica sem um adulto, então apreendemos as garrafas e o encaminhamos para o Conselho Tutelar, que ficou responsável por entrega-lo à mãe. No caso do adulto não havia necessidade disso. Para ambos fizemos um Registro de Atendimento Integrado [RAI] explicando a situação e eles foram liberados”, esclareceu.

G1

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora