13 de Novembro de 2015

Empresa de transporte de lixo hospitalar recebe multa de mais de 200 mil

Autuação foi efetuada pela Polícia Rodoviária Federal na noite desta quinta, 12 de novembro

Ontem à noite, na BR-060, km 390, município de Rio Verde, por volta das 21h, a Polícia Rodoviária Federal abordou um caminhão que transportava lixo hospitalar com uma série de irregularidades.

Este veículo havia recolhido cargas infectantes em estabelecimentos das cidades de Santa Helena, Acreúna e Indiara. Ele não possuía diversos equipamentos obrigatórios para a saúde e segurança de quem trabalha com estes produtos, como os equipamentos de proteção individual (EPI) e os equipamentos para situação de emergência (ESE).

Além disso, a carga que ele carregava, que continha seringas, agulhas, restos de esparadrapos e diversos tipos de resíduos hospitalares, estava acondicionada irregularmente, colocando em risco a vida de quem manuseia a carga e também de toda a sociedade, pois pode atingir a todos em caso de acidente, caindo em um manancial, por exemplo.

Devido à quantidade de infrações encontradas, e também à grande quantidade de estabelecimentos de onde provinha o material, foram extraídas quase 300 multas para os envolvidos, no valor total de R$ 204.400,00.

Vale lembrar que o transporte de produtos perigosos no Brasil é regulamentado pela Lei n. 10.233/2001 e pela Resolução n. 3665/11, da Agência Nacional de Transportes Terrestres e que a PRF possui parceria com esta agência para realizar tais autuações.

PRF – Rio Verde

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora