11 de Dezembro de 2017

Rio Verde pode ter problemas para liberar Mozart Veloso do Carmo

Segundo o presidente do Rio Verde, Wolnei Gomes, a equipe está preparada para arcar com os gastos, caso seja necessário

A 18 dias do início de sua preparação para o Goianão 2018, o Rio Verde, assim como na edição deste ano da competição, enfrenta problemas com o Mozart Veloso do Carmo. O estádio não está com os laudos necessários atualizados e corre risco de ser interditado novamente, como ocorreu no início de 2017.

O Rio Verde aguarda que as melhorias necessárias para obter os laudos sejam realizadas pela prefeitura. Mas, segundo o secretário de Esporte, Fernando Pazzoti, é necessária a cessão de uso para que o local possa ser gerido, já que pertence ao Estado.

“Já encaminhamos todos os documentos necessários e temos a expectativa da liberação da cessão de uso até segunda-feira (11). Solicitamos as vistorias e, assim que pudermos investir recursos, faremos o possível para que o estádio possa ter condições de jogos”, afirmou Pazzoti.

Segundo o presidente do Rio Verde, Wolnei Gomes, a equipe está preparada para arcar com os gastos, caso seja necessário. “Fizemos um orçamento e guardamos a verba necessária (R$112 mil) para darmos condições de segurança aos nossos torcedores”, frisou.

Caso o impasse continue, o Rio Verde pode mandar jogos no Goianão 2018 em Jataí. O convite foi feito pelo prefeito Vinícius Luz e pode ser uma saída.

Durante o Goianão deste ano, o Rio Verde enfrentou os mesmos problemas. O primeiro jogo como mandante foi em Itumbiara. Só na 3ª rodada, o Mozart Veloso do Carmo foi liberado para receber os jogos.  

O Popular

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora