25 de Agosto de 2015

Sicredi Sudoeste expande atuação em Goiás

Cooperativa tem como objetivo chegar a 20 agências até 2020. Além de oferecer ao associado uma rede de atendimento com mais cobertura, expansão proporciona à população desses municípios uma alternativa ao sistema bancário tradicional

O ano de 2015 tem sido de crescimento para a Sicredi Sudoeste GO. Com a recente inauguração da unidade de atendimento em Santo Antônio da Barra, até o final do ano está prevista a abertura de outra unidade em São Simão. Com inauguração prevista para novembro, essa unidade faz parte do plano de expansão do Sicredi Sudoeste GO, que tem como meta a implantação de três novas unidades por ano. A expectativa é de que, até 2020, a cooperativa chegue à marca de 20 unidade de atendimento, sendo que hoje são quatro, localizadas em Rio Verde, Quirinópolis, Jataí e a recém-inaugurada em Santo Antônio da Barra, primeira instituição financeira do município.

Para cumprir o objetivo, o presidente do Sicredi Sudoeste, Zeir Ascari, juntamente com o vice-presidente, Marcelo Rodrigues Ribeiro, e conselheiros, têm realizado visitas a municípios goianos do Sudoeste e Oeste do Estado com o objetivo de iniciar o movimento de implantação de novas unidades de atendimento. Recentemente, o diretor executivo Márcio Girardi juntamente com sua equipe esteve nas cidades de Piranhas e Arenópolis, locais onde serão inauguradas unidades de atendimento em 2016.

Para o presidente, essa expansão é fundamental para a consolidação da cooperativa, possibilitando aos associados do Sicredi no Estado de Goiás ter uma rede de atendimento com mais cobertura. “Além da melhoria dos serviços aos associados, por oferecer mais agências, a expansão garante que proporcionemos à população dessas cidades uma alternativa ao sistema bancário tradicional, seguindo um modelo agregador de renda, onde toda a riqueza gerada permanece na região”, explica Ascari, ressaltando que ainda hoje há municípios que não contam com nenhuma uma instituição financeira. “Esse acaba sendo um trabalho de inclusão financeira e que contribui para o desenvolvimento econômico e social da cidade, já que os resultados são revertidos em desenvolvimento econômico para os locais onde atua”.

Estratégia Nacional
Em 217 cidades brasileiras, o Sicredi é a única instituição financeira existente. Atualmente, está presente em 11 estados brasileiros e atua como uma instituição financeira da comunidade. Organizado em um sistema com padrão operacional único, o Sicredi tem escala nacional com atuação regional, sendo considerado uma referência mundial em cooperativismo de crédito. No mês de abril a instituição financeira cooperativa atingiu 3 milhões de associados – os verdadeiros donos do negócio.

Este posicionamento, vai ao encontro do plano de atuação do Sicredi em todo o Brasil. Em recente reunião em Goiânia, para o planejamento estratégico da instituição para os próximos 4 anos, juntamente com a administração das cooperativas do Centro-Oeste, o CEO do Banco Sicredi, Edson Nassar falou sobre as estratégias e metas de crescimento. Até o final do ano, a meta é completar a inauguração de 70 unidades, hoje são 1.360 em todo o país. “Mais do que abrir novas agências, essa abertura faz parte de uma estratégia de expansão do Sicredi que acontece naturalmente. Diferente do mercado, que coloca o crescimento de acordo com os interesses financeiros, buscamos crescer de forma consciente com um desenvolvimento que objetiva dar atendimento e cumprir com as necessidades dos nossos associados”, explica Nassar.

As cooperativas de crédito são instrumentos para a organização econômica da sociedade. Elas incentivam o empreendedorismo, criam oportunidades de negócio, asseguram a manutenção de empregos nas comunidades e promovem o crescimento das pessoas e das regiões onde estão presentes. Desde a Constituição de 1988, as cooperativas de crédito são reconhecidas como integrantes do Sistema Financeiro Nacional. São regulamentadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e supervisionadas pelo Banco Central do Brasil (BACEN).

Entre as condições básicas para associar-se a ao Sicredi estão utilizar os produtos e serviços oferecidos pela cooperativa, integralizar quotas-partes, mediante depósito em dinheiro, ser domiciliado ou estabelecido na área de atuação da cooperativa. Numa cooperativa de crédito o controle é democrático, os associados votam e decidem sobre os rumos do negócio. Uma pessoa é igual a um voto e todos têm os mesmos direitos e obrigações.

Kasane Comunicação

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora