04 de Maio de 2017

Complexo industrial da Parmalat vai a leilão

Evento é realizado pela Justiça do Trabalho de Rio Verde

A Justiça do Trabalho de Rio Verde em conjunto com o leiloeiro oficial Álvaro Sérgio Fuzo realizará leilão presencial e eletrônico no dia 15 de maio de 2017, às 13:30 horas, no Honorato Plaza Hotel e com a possibilidade de lances eletrônicos de qualquer lugar do país, pelo site www.leiloesjudiciaisgo.com.br.

No evento será leiloado o complexo industrial da executada “Parmalat”, localizado na cidade de Santa Helena de Goiás, incluindo máquinas e equipamentos, instalados no imóvel, que conta com área de terreno de 61.771m², além de 20.434m² de área construída. Avaliados em pouco mais de 117 milhões, o complexo e seus maquinários poderão ser arrematados com o desconto de 70%.

A Parmalat, empresa italiana fundada por Calisto Tanzi em 1961 na cidade de Collecchio, na província de Parma foi líder mundial na produção de leite e ficou bastante conhecida em todo o mundo por patrocinar a equipe Brabham de Fórmula 1 e grandes clubes de futebol entre eles o Palmeiras. Instalou-se no Brasil em 1972, indo depois para outros países da América Latina. A subsidiária no Brasil, a Parmalat Brasil, assim como ocorreu com a Parmalat em outros países, entrou em colapso, com uma dívida de mais de 14 bilhões de euros.

Foi uma grande empresa europeia de produtos lacticínios antes de a justiça italiana declarar sua falênciaem dezembro de 2003. Já a Parmalat do Brasil entrou na Justiça com pedido de concordata preventiva em agosto de 2004, depois que a matriz italiana faliu e seus controladores foram acusados de fraude. Depois, a concordata foi convertida em recuperação. Atualmente a empresa é administrada pela Francesa Lactalis.

O imóvel vai a leilão devido a dívidas trabalhistas, e caso seja vendido, o valor recebido terá a finalidade de quitar totalmente os débitos da empresa. Interessados podem obter informações pelo sitewww.leiloesjudiciaisgo.com.br ou então pelo 0800-707-9272.

Assessoria de Comunicação

Compartilhe / Comente

Notícias Relacionadas

« Voltar

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados

Rio Verde Agora